09 outubro, 2013

Câncer de Mama

Falar sobre esse assunto é muito importante. Afinal, devemos estar sempre atentas.
Trata-se de um assunto recorrente, pois, ele é o tipo de câncer mais frequente nas mulheres brasileiras (é a doença que mais mata mulheres no Brasil) e consiste no desenvolvimento anormal das células da mama, que se multiplicam repetidamente até formarem um tumor maligno.

Fatores de risco: se uma pessoa da família (principalmente mãe, irmã ou filha) teve câncer de mama antes dos 50 anos, a mulher terá mais chances de ter. Quem já teve câncer em uma das mamas ou no ovário, também deve ficar atenta. A prevenção deve ser feita sempre, mas essas mulheres em especial devem realizar o exame clínico das mamas e a mamografia a partir dos 35 anos, uma vez por ano.

Sintomas: o sintoma mais fácil de ser percebido é um caroço no seio, acompanhado ou não de dor. A pele pode ficar com aspecto de casca de laranja e também aparecer pequenos caroços em baixo do braço.

Prevenção: o autoexame, realizado pela própria mulher é muito importante para que ela possa conhecer seu corpo, mas não substitui o exame clínico realizado por um profissional de saúde treinado. Caso a mulher encontre alguma alteração, deve procurar imediatamente um serviço de saúde e mesmo que não encontre, as mamas devem ser examinadas uma vez por ano.

Ter uma alimentação saudável e equilibrada (com frutas, legumes e verduras), praticar atividades físicas (qualquer atividade que movimente seu corpo) e não fumar. Essas são algumas dicas que podem ajudar na prevenção de várias doenças, inclusive do câncer. O portal do INCA Instituto Nacional de Câncer esclarece ainda mais sobre este e sobre todos os outros tipos de câncer.

Ter informação é ter poder. Fiquem de olho Amigas Barred’s!